Amanda Areias

Programadora e designer gráfica por profissão, viajante por paixão e feminista por necessidade.​

Mochileira desde os 17 anos, sempre em busca de lugares, culturas e pessoas novas.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Manual de sobrevivência para mulheres na Índia


A Índia é um lugar INCRÍVEL. Com certeza um dos lugares mais bonitos e exóticos que eu já conheci. Porém, é um país muito machista e predominantemente masculino; uma mulher andando sozinha na rua, por exemplo, é algo muito mal visto. Então, é preciso tomar cuidado ao viajar por lá.

Antes de chegar na Índia, eu estava com muito medo. Era um lugar completamente desconhecido para mim, e eu havia lido centenas de casos de estupro, vários relatos de mulheres pedindo para que não fossemos sozinhas para lá, além da minha mãe que havia me pedido diversas vezes para que eu mudasse o meu destino.

Mas eu estava decidida a ir.

E acabou sendo a melhor decisão que eu tomei.

Eu passei um mês lá, fiquei três semanas em uma cidade no norte dando aula voluntária de inglês (leia mais aqui) e mais uns cinco dias em Nova Delhi.

A Índia me mudou completamente. Foi com certeza o país que mais mexeu comigo, tanto de um modo bom como de um modo ruim.

Não vou mentir, é um lugar perigoso sim e é preciso estar sempre atenta; mas as pessoas fazem um terrorismo muito maior do que o necessário, sobre lugares e assuntos que elas mal conhecem.

Mas o medo acabou sendo bom para que eu me preparasse.

Então, se você está querendo ir para a Índia mas tem medo de ir sozinha, o meu conselho é: VÁ!.

Você vai se apaixonar pelo país, e vai voltar um nova pessoa, cheia de aprendizados diferentes.

Mas tenha certos cuidados, aqui eu fiz uma listinha com algumas dicas para não dar mole ao viajar sozinha pela Índia:

1.

Use roupas mais largas e não use nada que mostre suas pernas ou seus ombros.

2.

Leve sempre com você um lenço para cobrir a cabeça, caso seja necessário.

3.

Sempre que tiver a chance, diga que você é casada. Se for o caso, com um indiano, pois eles respeitam mais a família indiana do que famílias ocidentais.

4.

Compre um chip de celular que te permita usar o 3g, desse modo você sempre terá uma forma de comunicação e um mapa a disposição para não se perder.

5.

Se for andar de táxi, peça o táxi por aplicativo, e não na rua.

6.

Antes de entrar em um táxi, fotografe a placa e deixe que o motorista veja que você a fotografou.

7.

Ao entrar no taxi finja estar ligando para seu marido, em inglês. Fale coisas como “Hi honey, I’m inside the cab heading there, wait for me. I’ll be there in around 20 minutes. The license plate is - aqui você fala a placa que você fotografou”. Deste modo, o taxista saberá que você é casada (o que na Índia infelizmente impõe mais respeito) e que tem alguém esperando por você.

(tradução: "Oi querido, já estou no táxi indo pra aí, espere por mim. Chegarei em uns 20 minutos. A placa do carro é -)

8.

Ainda dentro do táxi, ligue seu GPS para ter certeza que estão te levando ao local certo; e deixe que o taxista perceba que você está checando.

9.

Eu usei uma aliança falsa na mão esquerda. Me disseram que na Índia isso não significa nada, mas achei melhor continuar usando só por precaução.

10.

Não saia sozinha a noite.

11.

Nos metrôs de Nova Delhi existe o vagão rosa, que é quando o último vagão é reservado apenas para mulheres. Incrivelmente, os homens respeitam essa regra (pelo menos eu não vi homem nenhum nesses vagões). Não tenha medo de usar o metrô, é um lugar cheio e provavelmente nada de muito sério acontecerá com você, mas utilize sempre o vagão rosa.

12.

Se algum homem te seguir pela rua (aconteceu comigo), ou se você se sentir ameaçada de alguma forma, grite. Sério, grita mesmo. Tanto com o homem quanto pedindo socorro. Não tenha medo de passar vergonha, ninguém te conhece; faça um barraco. Na grande maioria das vezes o homem irá embora.

13.

Não ande por lugares vazios.

14.

Mostre confiança e não seja extremamente educada e solícita.

15.

Não seja muito simpática com os homens. Eu sei, é chato ser grossa; mas na Índia você precisa. Muitos homens vão vir puxar assunto com você, e não vão te deixar em paz até que você imponha um certo respeito.

16.

Não fuja muito de lugares turísticos. Em lugares mais afastados as pessoas estão menos acostumadas com ocidentais.

17.

Se seu vôo chegar tarde no aeroporto, contrate o serviço de transfere do seu hotel (muitos têm esse serviço, apesar de ser pago).

Eu sei, ler todas essas dicas dá um certo medo.

Eu considero meio absurdo eu ter que dar dicas para que outras mulheres não sejam assediadas; quem deveriam mudar seu comportamento são os homens, e não nós. Mas infelizmente essa é a realidade do país e nós temos que agir de acordo

Mas não desanima, vai com o coração e a cabeça abertos e você com certeza se surpreenderá com o país.

#india #mulher